domingo, junho 20, 2010

domingo, junho 20, 2010

(In)fidelidade


não importa se é outra
a boca que me beija
é sempre  a tua língua
que se enrosca com a minha

não importa se é outro
o corpo que me cobre
que me invade
(ou que recebo )
é sempre o teu gozo
(que me lambuza)
que bebo
e sinto o gosto