sexta-feira, setembro 19, 2008

sexta-feira, setembro 19, 2008

Solidão


uma gélida madrugada

e a solidão da minha língua;

cansada de tanto lamber

e beijar palavras...

(apenas)


é o que me resta
e mais nada
!!!