quarta-feira, setembro 17, 2008

quarta-feira, setembro 17, 2008

Amor & Paixão


O que é o amor?

Esta foi uma pesquisa feita por profissionais da educação e psicologia com um grupo de crianças entre 4 e 8 anos;

“Quando a minha avó teve artrite, ela não podia mais se abaixar para pintar as unhas dos pés e meu avô, desde então, pinta as unhas para ela, mesmo quando ele também tem artrite – isso é amor” (Rebeca – 8 anos)

“Quando alguém te ama, a forma de falar teu nome é diferente” (Billy – 4 anos)

“Amor é quando você sai para comer e oferece as suas batatinhas, sem esperar que a outra pessoa ofereça as dela” (Cris – 6 anos).

“Amor é quando seu cachorro lambe a sua cara, mesmo depois que você o deixou sozinho o dia inteiro” (Mary Ann – 4 anos)

E foram várias as definições de amor dada por essas crianças, todas de uma simplicidade e profundidade, o que muito me surpreendeu...

Minha conclusão é que criança entende muito mais de amor do que os adultos.

Eu confesso pouco ou nada saber sobre esse amor tão cantado em verso e prosa ao longo dos tempos, mas acredito que seja como uma dança mágica, cujos passos vão se harmonizando, até encontrarem a coreografia perfeita.

O amor é um longo aprendizado, onde cada um procura dar significado, cor e intensidade à vida do outro; se ajusta como peça de quebra cabeça, sem arestas, no decorrer dos anos, quando é sincero e verdadeiro. Não morre, apenas se transforma.

Já a paixão é imediatista e cheia de conflitos, explosões, picos e vales, cumes, amanheceres, poentes e algum tempo de paz;

É céu e inferno e, vez em quando, entre um e outro, o purgatório.

De paixão entendo e quando me acontece, gosto de deixar queimar até que vire cinzas...

E como o fogo purifica, das cinzas saio renovada, pronta para me apaixonar, de novo, intensamente, por outra pessoa.


(faz tempo que estou queimando por um certo alguém, porém depois de tantos baldes de água fria, essa chama está prestes a se apagar).