sexta-feira, abril 18, 2008

sexta-feira, abril 18, 2008

Apenas...


Quando você for voltar, amor,
não se faça anunciar.
entre devagarinho,
pise de mansinho,
me encontre distraída, desavisada...
traga um sorriso no rosto,
me faça um carinho, me dê um beijo.
de você não quero muito, quero pouco;
apenas sua boca, sua pele, seu corpo,
seu desejo, a sua alma
e mais nada!