terça-feira, dezembro 11, 2007

terça-feira, dezembro 11, 2007

Por Vingança

Pois... Se disse que não me amava, que não me merecia, que com outro mais feliz eu seria... então, por que a surpresa, esse olhar magoado de corno-macho-traído-machucado? Não era verdade? Acreditei, não foi maldade, me dei ao outro e... até gostei! O que você não mereceu, Gato comeu, sorte minha azar o teu. Próxima vez, não deixe que a boca diga o que sabe a razão mas que não sente o coração, também... um anjo que por perto passar pode escutar e dizer amém! Lição aprendida desde criança e se tudo quis te revelar, não é por estar arrependida, pra você me perdoar, foi por pura vingança... Pode acreditar!